Desígnio

O deslocamento de objetos domésticos de seus ambientes comuns compõem uma situação em que necessidade, desejo e negação de acesso são postos em tangenciamento. Uma performance feita especificamente para o vídeo e pensada como uma instalação site-specific no depósito de um casarão histórico no bairro do Estácio no Rio de Janeiro. O trabalho trata sobre as possibilidades e (in)acessibilidade que as pessoas podem ter através da concessão ou censura de seus desejos. Reflete sobre como algumas pessoas ainda habitam zonas de negação de direitos fundamentais à sua existência.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s